Geral
10/01/2019 12:46

Os vereadores de Gramado realizaram algumas ações buscando ter maior conhecimento a cerca do trabalho prestado pela Corsan no município. Uma visita ao reservatório, que fica na via que dá acesso a Aldeia do Papai Noel, e reunião com diretores e coordenadores da Companhia esclareceram alguns pontos.

Na visita ao reservatório, apesar de agendamento com a coordenadoria da Corsan em Gramado, nenhum servidor da Companhia se fez presente para elucidar as dúvidas. Na oportunidade, de qualquer forma, os Vereadores verificaram que no medidor instalado no reservatório da Aldeia havia às 15h30, momento de fiscalização 3.250 litros de água reservada. No final da tarde ao questionarem o gestor da entidade este apresentou que o reservatório já estava alcançando 60% de sua capacidade e informou que o da Várzea Grande, na rua Miguel Tissot, naquela ocasião estava com 18% de sua capacidade na reservação.

No encontro, que aconteceu na sede do Legislativo, os Vereadores foram categóricos ao falar que a Corsan perdeu sua credibilidade junto à comunidade de Gramado. Que a entidade teve tempo para organizar-se, que é necessário que ela entenda o contexto de Gramado, que é diferente de inúmeras outras cidades do país. Os Legisladores também informaram que muitas reuniões, promessas foram feitas e que a melhora não é sentida pela comunidade, bem pelo contrário, os serviços prestados à Gramado estão em uma piora continua.

Citaram a cedência do terreno, de aproximadamente R$ 5 milhões para construção do novo reservatório, o não abastecimento que afetou toda a cidade para construção da adutora (que não funciona), do fechamento de via no bairro Várzea Grande para abastecimento com caminhões e do estrago que o trafego desses está causando no asfaltamento da cidade. Os Vereadores pediram inúmeras vezes a gerência da cidade honestidade e transparência, bem como informações constantes a comunidade.

Os membros da Corsan informaram que foi criada no início de janeiro a Unidade Especial das Hortênsias, que abrangera Canela e Gramado. Esta entidade passou a ser comandada desde o dia 07 pelo gestor, Ermogenes Bodanese, que veio de Capão da Canoa e é servidor de carreira da Companhia. Ao seu lado, no encontro também estava o coordenador de clientes de Gramado, Acir Silva da Costa e o diretor de Inovação, Relacionamento e Sustentabilidade da Corsan, no Estado, Jean Carlo Flores Bordin.

Ermogenes explicou que a atuação da Corsan na região, com a criação da Unidade ficou mais eficaz, pois terão contato direto com a presidência da Companhia sem a necessidade de passagem por outros setores. Ainda, que a UEH irá fazer todo o planejamento das obras necessárias na região para que uma solução definitiva seja implantada.

Ele explicou que foi iniciado o processo de construção da adutora, que houve um problema e não foi finalizado em novembro. Que por precaução a entidade optou por esperar baixar o movimento de final de ano para realizar outro desabastecimento geral como o promovido em novembro. O Gestor explicou também que a distribuição de água estava normalizada até os últimos dias de 2018 quando alguns pontos, nos bairros mais altos de Gramado, acabaram ficando sem a distribuição de água.

Também restou informado que as obras devem ser retomadas em breve, assim que encerrar o movimento intenso na cidade e que será feita com mais cautela para que tenha um resultado eficiente e não apresente mais falhas, o que deve dar para suprir a demanda da região em pelo menos 2 a 3 anos.

Bordin lembrou que a Corsan é responsável pela captação, tratamento e distribuição de água em toda a região e que para tanto um cronograma foi elaborado para mensurar as ações e obras que devem ser feitas a curto, médio e longo prazo, bem como os investimentos.

Ermogenes também convidou os vereadores a visitar, na próxima terça-feira, as obras que a Corsan esta realizando junto ao rio, em São Francisco de Paula e para que acompanhem todo o processo. Ele por fim pediu para que a comunidade que tiver problemas com abastecimento ou qualidade de água entre em contato com a Corsan pelo fone 0800- 646-6444.

Bordin encerrou o encontro apresentando relatório entregue à Prefeitura onde informam quais os investimentos e medidas que foram e estão sendo tomadas, pela Companhia, no intuito de aperfeiçoar o abastecimento de água e de esgoto nos municípios de Gramado e Canela. Tabela com dados coletados sobre recebimento de ligações com falta de água no final de 2018, início de 2019, bem como tabela com vazamentos encontrados nas cidade de Gramado e Canela.

Falta de Água:





































































Datas Gramado Canela
28/12 56 30
29/12 99 79
30/12 19 27
31/12 78 12
01/01 61 09
02/01 82 12
03/01 115 05
04/01 35 02
05/01 04 03
06/01 16 04
07/01 05 01
Total 570 184

 

Vazamento de água:




































































Datas Gramado Canela
28/12 02  
29/12 01 02
30/12 01  
31/12    
01/01    
02/01 01  
03/01 03  
04/01 01  
05/01    
06/01    
07/01 03 01
Total 12 03

 

Licitações:

Em andamento:

  • Canela


Rito ordinário 049/18, cujo objeto é a Execução de Reservatório de Aço vitrificado com capacidade de 3.000m³, do tanque de alimentação unilateral (TAU) com capacidade de 100m³ e do sistema de tratamento de lodo da estação de tratamento de água (ETA) de Canela.

Valor R$ 11.552.814,42 (onze milhões quinhentos e cinquenta e dois mil oitocentos e catorze reais e quarenta e dois centavos) - Recursos Próprios.

Publicação de empresa colocada em primeiro lugar SM7 ENGENHARIA TECNOLOGIA DE IMPORTAÇÃOLTDA- em prazo de recurso.

  • Gramado


Rito Ordinário 046/2018, cujo objeto é a Execução da obra emergencial da Estação de Bombeamento do Booster Florybal.

Valor R$ 1.345.370,83 (um milhão trezentos e quarenta e cinco mil trezentos e setenta reais e oitenta e três centavos) - Recursos Próprios.

Publicação de empresa colocada em primeiro lugar MGM SERVIÇOS TÉCNICOS LTDA. – em prazo de recurso.

A licitar:

Recurso: Pleito programa SELESAN MCidades IN22- BNDES

Investimento estimado: R$ 79.515.000,00 (setenta e nove milhões e quinhentos e quinze mil reais).

Objeto: Ampliação de SAA (sistema de abastecimento de água) dos municípios de Gramado e Canela-vazão de projeto: 600/ls.

Composto de:

·           Elevatória de água bruta, localizada no município de São Francisco de Paula;

·           Nova adutora de água bruta em DN700, ferro fundido, com aproximadamente 9.140metros entre a captação e água bruta e a ETA II em Canela;

·           Ampliação da ETA II em Canela;

·           Tratamento do lado gerado na ETA II (incluído no RO 049/18);

·           Novo reservatório apoiado 3.000m³, (incluído no RO 049/18);

·           Nova adutora de água tratada de Canela para Gramado até Vila Suíça em Gramado;

·           Novo reservatório apoiado de 3.000m³, na Vila Suíça em Gramado.

O projeto executivo já em fase final está sendo elaborado pela ECOPLAN e também está sendo finalizado o orçamento de todos os projetos e a previsão de entrega de todo conjunto na Corsan, é na primeira quinzena de Dezembro de 2018.

O licenciamento ambiental está em fase de elaboração de documentação complementar a ser apresentada a FEPAM.

Previsão de licitação e contratação das primeiras etapas das obras é no semestre de 2019.

Prazo de conclusão de todo o novo sistema: 30meses.

Investimentos no sistema de Esgotamento sanitário

Em andamento:

  • Canela


Rito ordinário 022/18 cujo objeto é a contratação de empresa que forneça, construa, opere, monitore e preste treinamento operacional de uma estação de tratamento pré-fabricada para esgoto sanitário, com vazão de 90 l/s a ser implantada em 02 (dois) módulos de 45 l/s cada na cidade de Canela.

Valor: R$ 28.168.802,78 (vinte oito milhões  cento e sessenta e oito mil oitocentos e dois reais e setenta e oito centavos) CEF 2009/Recursos próprios/BNDES.

  • Gramado


Rito ordinário 044/18, cujo objeto é a contratação de empresa que forneça, construa, opere, monitore e preste treinamento operacional de uma estação de tratamento pré fabricada para esgoto sanitário, com vazão de 80 l/s a ser implantada em 02 (dois) módulos  de 40 l/s cada na cidade de Gramado.

Valor R$ 26.560.819,78 (vinte e seis milhões quinhentos e sessenta mil oitocentos e dezenove reais e setenta e oito centavos) – Recursos próprios/BNDES.

Licitações em andamento com 04 empresas participantes em cada uma delas; a análise das propostas foi suspensa em 02/11/18 por determinação do TCE, tendo em vista questionamentos sobre a inexistência da Matriz de Risco. A Corsan apresentou suas contrarrazões em 12/11/18.

Medidas adotadas

·           Transparência nas ações adotadas;

·           Reforço no efetivo dos servidores com mais de 12 funcionários;

·           Reforço de 08 funcionários para manutenção e correção de vazamentos;

·           Pesquisa para a localização de vazamentos invisíveis de forma extensiva abrangendo toda cidade;

·           Mapeamento, regulagem e calibração de válvula redutoras de pressão VRPs;

·           Instalação de novos VRPs;

·           Instalação de novos macromedidores;

·           Diagnóstico de sistema operacional;

·           Aperfeiçoamento na comunicação da empresa com entidades, Prefeitura Municipal e demais órgãos;

·           Estudo para setorização do sistema;

·           Controle e monitoramento da logística de distribuição de água pelos caminhões pipa;

·           Reforço de técnicos para auxílio de diagnóstico e operação do sistema;

·           Estudo e aplicação de melhorias nos canais de comunicação no Município (0800, APP, site, central de serviços, mensagem SMS, Fale Conosco, mídias sociais, atendimento presencial, chat);

·           Reforço de mais de um conjunto de retroescavadeira e caminhão caçamba para conserto de vazamentos;

·           Aquisição de mais 01 caminhão valeteira para manutenção e correção de vazamentos;

·           Cadastro técnico das redes de abastecimento de água e esgoto;

·           Georreferenciamento do sistema integrado de Gramado e Canela;

·                 Georreferenciamento, mapa urbano e rede de referência geodésica- auxilia na identificação de setores de medição em cada cidade (Gramado e Canela), tendo função importante na redução de perdas.

Valor R$ 731.383,88(setecentos e trinta e um mil e trezentos e oitenta e três reais e oitenta e oito centavos);

·           Contrato de performance – prestação de obras e serviços de engenharia (empresa contratada por licitação) com ações de controle de vazão e pressão, controle ativo de vazamenros e adequação da infraestrutura, visando aumento de eficiência operacional dos sistemas de abastecimento de água. Valor R$ 6.684.832,76 (seis milhões seiscentos e oitenta e quatro mil e oitocentos e trinta e dois reais e setenta e seis centavos);

·           Obra de duplicação da adutora do Poço da Faca – trará maior segurança e confiabilidade ao sistema, aumentara a vazão da ETA 2 em 10%, passando dos atuais 230 l/s para mais 250 l/s. Valor R$ 940.000,00 (novecentos e quarenta mil reais);

·           Centro de controle operacional – Gramado/Canela – padronização dos procedimentos com o intuito de proporcionar maior confiabilidade na obtenção de dados operacionais. Investimento total do CCO em Gramado/Canela: R$ 1.490.470,26 (um milhão quatrocentos e noventa mil quatrocentos e setenta reais e vinte e seis centavos);

·           Projeto ISSO 9001 para Gramado e Canela – por meio de padronização dos seus processos, a Corsan está realizando a certificação Isso 9001.