Fedoca confirma que desapropriação do Hospital São Miguel está em estudo

O prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci (PDT), confirmou ao blog que o Poder Executivo está estudando a possibilidade de desapropriar o Hospital Arcanjo São Miguel. Entretanto, Fedoca afirmou que prefere que a Casa de Saúde seja adquirida por um dos três grupos que estão interessados em adquirí-lo.

“Existem três grandes grupos interessados em comprar o hospital. Um de São Paulo, um de Goiânia, e um grupo de médicos de Gramado. As conversas estão mais adiantadas entre o grupo de São Paulo e o de Gramado. O de Goiânia chegou recentemente na roda de negociações. Seria o ideal para o Município, que um desses investidores comprassem e investissem no nosso hospital, pois para a Prefeitura é inviável administrá-lo. Mas se as negociações não se concretizarem, a desapropriação é o caminho, para que possamos repassá-lo para uma instituição administrar”, explicou Fedoca.

Segundo informações colhidas pelo blog, o valor da compra do hospital está em cerca de R$ 16 milhões. Para a desapropriação, o valor seria de R$ 10,8 milhões. “Esses são os valores que estão sendo discutidos, mas para a Prefeitura desapropriar o hospital, teríamos que fazer o depósito em juízo, com o aval do Ministério Público, que é o fiscal da lei”, disse o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *