Médicos do Hospital Arcanjo São Miguel entram em greve a partir de segunda-feira

Após sucessivos atrasos nos pagamentos, os médicos do Hospital Arcanjo São Miguel (HASM) decidiram paralisar as atividades a partir da próxima segunda-feira (04).

A decisão foi tomada em assembleia realizada ontem à noite. Atualmente o hospital possui um déficit de cerca de R$ 2 milhões, entre honorários médicos e fornecedores.

O secretário de Saúde, João Teixeira (PMDB), o secretário de Administração, Júlio Dorneles (PT), o promotor de Justiça, Max Guazzelli, e o secretário adjunto da Saúde e Interventor do HASM, Jeferson Moschen, participaram do encontro, que terminou às 22h.

Segundo o Dr. Élcio Starck Machado, Diretor Clínico do São Miguel, os profissionais decidiram que irão paralisar as atividades nas áreas de convênio médico prestado ao Sistema Único de Saúde no esquema de cirurgias eletivas sendo ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, traumatologia e ortopedia, além de consultas e procedimentos ambulatoriais. Ficam mantidas apenas cirurgias de urgência.

Fonte: Jornal Integração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *