Autor de maus tratos foi detido

Policia
16/02/2019 00:09

A Polícia Civil de Canela recebeu denúncia, na manhã desta sexta-feira (15), de que um cachorro havia sido enterrado vivo em um terreno baldio no Bairro São Rafael. Imediatamente, agentes da Delegacia de Polícia dirigiram-se ao local dos fatos, onde se encontrava o animal ainda com vida, mas em estado grave, o qual recém havia sido desenterrado por vizinhos.

A ação imediata dos policiais civis foi de levar o animal para atendimento veterinário, através de intervenção da ONG Amigo Bicho, onde permaneceu internado.

Na sequência, a mesma equipe de policiais civis retornou ao local dos fatos para identificar e deter o autor do delito, que estaria ameaçando os vizinhos por acreditar que o teriam denunciado à Polícia Civil.

O autor do delito foi detido em sua residência, no mesmo bairro, e conduzido à Delegacia de Polícia. Ele possui diversos antecedentes policiais, inclusive estupro, tentativa de homicídio, roubo, furto, receptação, ameaça e disparo de arma de fogo. O investigado foi ouvido e liberado.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela, informou que o autor do delito responderá pela prática de maus tratos a animais, referindo que a legislação proíbe o encaminhamento do responsável ao presídio por se tratar de infração de menor potencial ofensivo.

O termo circunstanciado que apura os fatos será feito junto ao Cartório de Vulneráveis e Questões Ambientais da Delegacia de Polícia de Canela, que atua nesses casos em parceria com a ONG Amigo Bicho.