Preso joga colchão em chamas em agentes penitenciários no presídio de Canela

A Polícia Civil de Canela e a SUSEPE prenderam, na tarde desta sexta-feira (29), um apenado que ateou fogo no corpo de dois agentes penitenciários, no presídio de Canela.

O preso teria colocado um colchão em chamas em sinal de protesto, jogando-o na direção de dois agentes penitenciários que passavam em frente à cela. Os agentes foram atingidos pelas chamas, que foram controladas, mas causaram danos aos uniformes dos agentes.

O apenado foi conduzido à Delegacia de Polícia de Canela, sendo autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado tentado.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela, informou que determinou a autuação do apenado em razão dos fatos, considerados extremamente reprováveis, inclusive com aumento de pena por ser ação contra a integridade de agente penitenciário.

“Ele justificou que a atitude foi em protesto porque, segundo ele, os papéis dele no Judiciário não estavam “andando”. O que não se confirmou quando verificamos, porque se tratava de uma prisão recente e estava de acordo com o prazo que se esperava”, explicou o delegado.

O preso, que cumpre pena por roubo, foi novamente encaminhado ao Presídio de Canela e posteriormente transferido para o Presídio de Caxias do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *