Vereadores de Gramado fiscalizam obras da 5ª etapa de revitalização da Borges de Medeiros

As obras da 5ª etapa de revitalização da Avenida Borges de Medeiros, no trecho compreendido entre a Rótula das Bandeiras e a Rua João Alfredo Schneider, especificamente na lateral do Lago Joaquina Rita Bier, iniciaram em março e seu andamento foi fiscalizado pelos vereadores de Gramado, na tarde desta quarta-feira (13).

Segundo os vereadores, as obram estavam previstas para iniciarem em janeiro, mas em virtude da atualização de documentos com a Caixa Econômica Federal, só foi possível começar em 8 de março. A previsão de conclusão da obra civil e liberação do trânsito é para o final de outubro, antes do Natal Luz. O que ficará ainda inacabado será a parte estética.

A revitalização segue o mesmo conceito do trecho da Avenida Borges de Medeiros, na área central. A obra compreenderá mudança em toda a estrutura da rede elétrica e de telefonia, que passará a ser subterrânea, bem como a repaginação do passeio público, a colocação de postes ornamentais para a iluminação pública, a construção e o ajardinamento do canteiro central, melhorias na rede de esgoto pluvial, a colocação de nova pavimentação asfáltica em todo o trecho e o estacionamento que passará a ser obliquo.

Rua João Alfredo Schneider

Os vereadores aproveitaram para ver a obra que acontece concomitantemente na Rua João Alfredo Schneider, com a ampliação da rede de água que beneficiara os bairros Jardim, Planalto e Piratini. A previsão de conclusão desta obra é de 30 dias, segundo os parlamentares.

Movimentação

O trânsito na via sofreu modificações nesse período. Nesta sexta-feira (15), a secretária de Governança, Simone Bender, terá reunião para traçar um novo cronograma, que será divulgado posteriormente.

Participaram da fiscalização os vereadores Everton Michaelsen, Luia Barbacovi, Manu Caliari, Professor Daniel, Renan Sartori, Rosi Ecker Schmitt e Volnei da Saúde, a secretária de Governança, Simone Bender, o secretário de Obras, Flávio Souza, o secretário de Trânsito e Mobilidade, Luiz Quevedo, o engenheiro da Prefeitura que fiscaliza a obra, Henrique Brighentti, e o engenheiro da CSA, empresa contratada, Ribas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *